POR admin, 06 jun 2011, 17H42

Submissão de Trabalhos

Critérios de Avaliação

Os trabalhos a serem apresentados na III Semana de Matemática serão submetidos em uma das seguintes categorias: Comunicação Científica-CC, Relato de Experiência-RE, Pôster-PT e Minicurso-MC e Oficinas-OF. A submissão, por sua vez, deverá observar as normas especificadas e o calendário com as datas de submissão que constam nesse projeto e que serão divulgadas junto com as demais informações referentes ao III SEMAT.

Todos os trabalhos serão avaliados por dois pareceristas designados pela Coordenação da Comissão Científica, cuja composição deverá levar em consideração a formação acadêmica do parecerista, sua filiação institucional e sua localização espacial.

O candidato poderá submeter o resumo do trabalho ou texto completo (com resumo) obedecendo às normas solicitadas.

Os trabalhos submetidos, através de texto completo serão encaminhados para o presidente do Comitê Científico, que encaminhará o trabalho para avaliação, na modalidade duplo-cego, isto é, retirando o nome dos autores e referências que possam indicar a autoria do trabalho, bem como do parecerista, quando retornar ao autor. Os trabalhos serão encaminhados para dois pareceristas do Grupo Avaliador, distintos da instituição de origem do(s) autor (es) do trabalho.
Os pareceristas procederão à avaliação, assinalando o nível atingido: alto (3 pontos), médio (2 pontos), baixo (1 ponto) e não se aplica (0 pontos) a cada um dos seguintes critérios de avaliação: a) relevância do estudo; b) contribuição para o Tema do Encontro; c) qualidade conceitual e análise teórica; d) qualidade do delineamento da pesquisa e o método; e) qualidade da análise dos dados; f) qualidade da discussão e crítica dos resultados e, g) qualidade da escrita, organização, clareza e estilo. Para o trabalho ser aceito deve atingir pelo menos a nota dez. Os trabalhos serão classificados nas seguintes categorias: a) Aceito sem reservas; b) aceito com reservas e, c) recusado.

No caso de ser aceito com reservas, os pareceristas deverão consubstanciar seu parecer, sugerindo mudanças, acréscimos, dentre outros. Esse parecer deverá ser encaminhado aos autores a fim de tomarem as providências cabíveis, retornando novamente aos avaliadores para o parecer final.

Quando os dois pareceres forem unânimes na recomendação, o trabalho será aceito ou recusado. Caso um parecer for favorável e outro não, o trabalho será encaminhado para um terceiro, cujo parecer decide a aprovação ou não do trabalho.

Normas para apresentação dos trabalhos

Serão aceitos trabalhos inéditos, relativos às diferentes temáticas que constituem à temática do evento. Os trabalhos poderão ser apresentados na forma de comunicação científica e relatos de experiência, minicurso e oficina (oral), pôsteres (exposição).

Formato dos trabalhos

As Comunicações Científicas (CC), Relatos de Experiência (RE), Pôsteres (PT), Minicursos (MC) ou Oficinas (OF) deverão ser escritos e salvos em documento do Word 6.0 ou superior, cujo nome deve conter as siglas da categoria do trabalho (CC, RE, PT, MC ou OF), seguida da sigla da instituição e do sobrenome do primeiro autor, por exemplo: CC_UNEB_Lisboa.doc; RE_UNEB_Nunes.doc; PT_UESC_Moreira.doc; MC_UESB_Sousa.doc, etc.

Os trabalhos na modalidade “Comunicações Científicas” (CC) deverão conter de 8 a 10 páginas. Na modalidade Relatos de Experiência (RE) deverão conter de 4 a 8 páginas. Essas duas modalidades de trabalhos serão organizadas em sessões por eixos temáticos. A apresentação de trabalho contará com 15 minutos para exposição oral e 5 minutos para discussão com os presentes na sessão.

Os pôsteres, minicursos ou oficinas deverão conter de 4 a 6 páginas. O formato dos pôsteres para exposição é de 100 cm de altura e 90 cm de largura. Os minicursos ou oficinas terão uma duração de cerca de três a quatro horas.
Todos os trabalhos submetidos deverão conter título; nome, filiação institucional e e-mail dos autores; resumo e palavras-chave; referências. Os trabalhos na modalidade “comunicações científicas”, com exceção de trabalhos (ensaios) teóricos, devem conter introdução com problemática anunciada, metodologia, resultados parciais/finais, discussão e conclusão.

Instruções específicas

  • Fonte: Times New Roman, tamanho 12.
  • Margens: Superior e Esquerda: 3 cm; Inferior e Direita: 2, 5 cm
  • Alinhamento: com exceção do título e dados dos autores (os quais devem ser centralizados), o trabalho deverá ser justificado à direita e à esquerda.
  • Espaçamento: entre linhas iguais a 1,5 linhas. Deixar um espaço entre o título, o nome dos autores e início de cada seção.
  • Numeração das páginas: não devem ser numeradas.
  • Não utilizar cabeçalhos e notas de rodapé: se precisar utilize notas que deverão ir ao final do trabalho após as referências.
  • Titulo: centralizado em maiúscula e negritado.
  • Nome do(s) autor(es):  nome do(s) autor(es) deverá ser seguido da filiação e e-mail.  Deixar um espaço em branco entre o título e nome dos autores.
  • Resumo: deve vir depois dos dados dos autores deixando uma linha em branco. Não deverá ultrapassar 15 linhas (aproximadamente 200 palavras). O espaçamento do resumo será o simples. O resumo deve vir acompanhado de 3 a 5 palavras-chave.
  • Ênfase: usar apenas itálico (não sublinhar, nem negritar). Usar letras maiúsculas para o título e todos os subtítulos, agradecimentos, referências e anexos/apêndices.
  • Recuo de parágrafo: a primeira linha de cada parágrafo deve ser recuado em 1,25 centímetros.
  • Referências: as referências bibliográficas deverão se ater apenas às obras citadas no trabalho, por ordem alfabética de sobrenome do autor, seguindo as normas da ABNT – NBR 6023 de agosto de 2002.
  • Figuras e tabelas: incluir figuras e tabelas dentro do corpo do texto. O título da tabela precede a mesma, já o título do gráfico e/ou figura vem depois do mesmo (Ver normas da ABNT).
  • No caso de Minicurso ou Oficina, deverá ser especificado o público alvo, o número de vagas e os recursos necessários. Como a quantidade de recursos tecnológicos é limitada, esclarecemos que os interessados em submeter minicursos que requeiram o uso de Laboratórios de Informática, bem como de softwares específicos deverão especificar na proposta e na ficha de submissão de trabalhos. A comissão executiva local avaliará a possibilidade de atender a demanda solicitada.
  • Em todas as salas serão disponibilizadas retroprojetor, quadro branco e pinceis. Faremos o possível para disponibilizarmos data-show, mas não há garantia de disponibilidade para todas as salas. Xerox por conta do evento, no entanto, materiais instrucionais ficará por conta dos ministrantes.

Instruções para o envio dos trabalhos

  • Preencher a ficha de submissão do trabalho, apenas aqueles que irão submetê-los;
  • Fazer o pagamento da taxa de inscrição de acordo com a categoria, segundo a tabela de valores. O depósito deve ser identificado no nome do inscrito;
  • Todos os autores dos trabalhos, no momento da submissão dos mesmos, deverão obrigatoriamente estar inscritos no evento. Somente serão avaliados os trabalhos que tiverem atendido a esta solicitação;
  • Enviar a ficha de inscrição do evento do autor e co-autores, a ficha de submissão dos trabalhos e o comprovante do pagamento da inscrição do autor e co-autores (formato de depósito identificado) para semattrabalhos@gmail.com.

Ficha de submissão do trabalho

Obs.: Para participar do evento não é obrigatória a inscrição de trabalhos. Pode-se participar do evento como ouvinte com direito a certificado de participação, CD-ROM, caderno de resumo e outros materiais distribuídos aos participantes.

Publicação dos trabalhos

Todos os trabalhos aceitos serão publicados nos Anais do III SEMAT em CD-ROM. Os trabalhos também ficarão disponíveis para donwloads no site http://www.uneb.br/semat. O caderno de resumos contendo a programação, detalhes do evento e resumos dos trabalhos aceitos também será publicado, em via impressa, e distribuído durante o evento.

Eixos Temáticos

Comunicações Científicas, Relatos e Pôsteres

Eixo 1: Formação Inicial e Continuada de Professores;
Eixo 2: Tecnologia de Informação e Comunicação e Educação a Distância;
Eixo 3: Ensino e Aprendizagem de Matemática na Educação Infantil e anos iniciais do Ensino Fundamental;
Eixo  4: Ensino e aprendizagem de Matemática nos anos finais do Ensino Fundamental e no Ensino Médio;
Eixo 5: Ensino e aprendizagem de Matemática no Ensino Superior;
Eixo 6: Resolução de Problemas, Modelagem Matemática e Investigação Matemática;
Eixo 7: Ensino-aprendizagem de Estatística e Probabilidade;
Eixo 8: Processos Cognitivos e Lingüísticos;
Eixo 9: Estágio Supervisionado no curso de Licenciatura;
Eixo 10: Educação Matemática e Inclusão Social;
Eixo 11: Aspectos Históricos, Sociais e Culturais da Matemática

Minicursos

Eixo 1: Educação Infantil;
Eixo 2: Ensino Fundamental I (1º ao 5º ano);
Eixo 3: Ensino Fundamental II (6º ao 9º ano);
Eixo 4: Ensino Médio;
Eixo 5: Ensino Superior.

Comissão Científica

Célia Barros Nunes (UNEB)
Célia Rosangela Dórea Dantas (UNEB)
Clovis Lisboa dos Santos Júnior (UNEB)
Eliane Gazire (PUC/MG)
Eurivalda Ribeiro dos Santos Santana (UESC)
Francis Miller Batista Moreira (UNEB)
Gilson Bispo de Jesus (UFRB)
Guilhermina Bessa (UNEB)
Irene Mauricio Cazorla (UESC)
José Macedo Leôncio (UNEB)
Leandro do Nascimento Diniz (UFRB)
Liana Gonçalves Pontes Sodré (UNEB)
Lourdes de la Rosa Onuchic (UNESP)
Luciana Cristina da Costa Audi (UNEB)
Marcelino Leonel Serretti (UFVJ)
Márcio Antônio de Andrade Bortoloti (UESB)
Marcos Rogério Neves (UESC)
Marger C. Ventura Pinheiro (UFOP)
Niuzarte Virgínia Pinheiro (UFVJ)
Roberta D’Angela Menduni Bortoloti (UESB)
Rosimeire Soares de Oliveira Porto (UNEB)
Solon Gomes de Souza (UNEB)
Taísa Pinetti Rassini (UNEB)
Tatiana Dias Silva (UNEB)
Wander Augusto Policário (UNEB)
Wilson D’Almeida Santana (UNEB)

Em Destaque