POR sjunior, 27 nov 2009, 17H46

O departamento

DSC01830O Departamento de Educação de Guanambi – Campus XII da UNEB foi criado inicialmente, como Faculdade de Educação de Guanambi (FAEG) pelo Decreto nº 2.636, em 04 de agosto de 1989, publicado no Diário Oficial do Estado da Bahia de 05 e 06 de junho de 1989.

Em 1997, em função da Lei de nº 7.176 que dispõe sobre a reestruturação das Universidades Estaduais da Bahia, a UNEB adotou a estrutura de Departamento de Educação – DEDC Campus XII.

Guanambi é considerada uma cidade de médio porte, e está localizada no sudoeste Baiano, a 796 km de salvador, fazendo limite com as cidades de Caetité, Igaporã, Pindaí, Candiba, Palmas de Monte Alto e Sebastião Laranjeiras. Está a 525 metros de altitude acima do nível do mar, com uma área de 1.302.799 km2 (IBGE, 2009). O relevo é pouco acidentado, mais parecendo uma planície, cercada por desníveis considerados isolados, entre os quais a Serra do Espinhaço, no limite com Caetité. As terras são cortadas pelos rios Carnaíba de Dentro e Carnaíba de Fora, ambos afluentes do Rio das Rãs, que por sua vez é atributário do Rio São Francisco.

Seu clima é basicamente semiárido, e temperatura média anual de 22,6ºC. O período da chuva se dá entre os meses de setembro a março. Seu relevo caracteriza-se pela presença do Pediplano Sertanejo, das superfícies dos Gerais e do Planalto do Espinhaço. A vegetação predominante é do tipo rasteira, o solo é como o podzólico, vermelho-amarelo distrófico, planos solo solódico eutrófico, encontrado na região.

Com essas características, Guanambi apresenta condições satisfatórias e regulares para o cultivo de lavouras, silviculturas, pastagem natural, e uma grande fertilidade para o cultivo de algodão, feijão, mandioca, milho e outros, chegando em seu período áureo, a ser um dos maiores produtores de algodão do Brasil.

Quanto a seu aspecto demográfico, não difere dos demais centros urbanos da Bahia onde se verifica um crescimento notável da população urbana, enquanto apresenta um decrescimento da população rural. A atual população de Guanambi apresenta uma estimativa 78.801 mil habitantes, segundo dados do IBGE/2010.

Este município apresenta também um índice de Desenvolvimento Humano (IDH) de 0,701 PNUD/2000 e um PIB per capita de R$ 5.842,79 IBGE/2010. Embora esteja numa posição razoável na classificação do IDH, os seus índices educacionais sempre demandaram ações que pudessem atingir um maior contingente da população.

Cidade polo do extenso e populoso Estado da Bahia, Guanambi, nas últimas décadas se tornou um médio centro comercial da região, atraindo pessoas com necessidades, que dentre outras, melhor qualificação profissional. No campo da educação, esta necessidade torna-se ainda mais evidente se considerado os diversos estabelecimentos de ensino, sem profissionais com formação adequada às diversas áreas.

Mais precisamente, a partir do final da década de 80, Guanambi, passou a se destacar como pólo educacional, atraindo estudantes de diversas regiões, em função da chegada da instituição de ensino superior. Neste cenário, a FAEG em 1991, ofereceu a primeira turma do curso de Licenciatura Plena em Pedagogia, nas Habilitações Magistério das Matérias Pedagógicas do 2º Grau e Magistério para as classes de Alfabetização, reconhecidas pelo Decreto Estadual nº 7.528/99 publicado no Diário Oficial de 19.02.1999.

O atual Departamento de Educação procurou da continuidade à formação de pedagogos e implantou a habilitação Educação Infantil e Magistério para as Séries Iniciais do Ensino Fundamental, autorizado pela Resolução do CONSEPE nº 252/99 e reconhecido pelo Decreto Estadual nº 9.298, de 05 de janeiro de 2005. Essa habilitação foi regularmente oferecida em processo seletivo vestibular até o ano de 2003 e a partir daí, entrou em processo gradativo de extinção.

Hoje o Departamento de Educação de Guanambi oferece o curso de Licenciatura em Pedagogia e Educação Física e Bacharelado em Enfermagem e Administração. Além desses foram oferecidos os cursos de Educação Física, Pedagogia, Letras e Artes, integrantes do Programa Especial de Formação Plataforma Freire (PARFOR); Matemática e Geografia do Programa de Formação para Professores do Estado/ PROESP. Com o Programa Especial da Rede UNEB, oferece o curso de Pedagogia e atende aos Municípios de Botuporã, Livramento, Malhada, Palmas de Monte Alto, Sebastião Laranjeiras, Riacho de Santana, Guanambi e Carinhanha.

A estrutura física do DEDC XII é formada por 11 salas de aulas, laboratórios de informática, laboratório de enfermagem, quadra poliesportiva coberta, piscina semiolímpica, biblioteca, auditório, Núcleo de Pesquisa e Extensão, Núcleo de Apoio e Acompanhamento Pedagógico – NAAP, Academia de Ginástica, Espaço de Convivência e área Administrativa Financeira.

O corpo docente é composto por 85 (oitenta e cinco) professores, destes 08 (oito) possuem Doutorado, 06 (seis) estão com Doutorado em andamento, 43 (quarenta e três), possuem Mestrado, 08 (nove) são Mestrandos, 36 (trinta e seis) possuem Especialização. Distribuídos conforme discriminação contida nos quadros abaixo.

QUANTITATIVO DOCENTE POR REFERÊNCIA/ REGIME DE TRABALHO

REGIME DE TRABALHO

QUANTITATIVO

EFETIVO 20 HORAS

01

REDA 20 HORAS

-

EFETIVO 40 HORAS

40

REDA 40 HORAS

16

DEDICAÇÃO EXCLUSIVA

28

TOTAL DOCENTES

85

QUANTITATIVO DOCENTE POR REFERÊNCIA TITULAÇÃO

TITULAÇÃO

QUANTITATIVO

EFETIVO ESPECIALISTA

19

REDA ESPECIALISTA

16

EFETIVO MESTRE

41

REDA MESTRE

01

EFETIVO DOUTOR

08

REDA DOUTOR

-

EFETIVO PHD

-

TOTAL DE DOCENTES

85

Entretanto, dependendo da necessidade de cada curso e semestre, outros professores colaboradores são convidados pelo DEDC XII.O corpo discente do Campus XII é composto por 1.065 alunos, sendo 224 de Administração, 256 de Educação Física, 144 de Enfermagem e 441 de Pedagogia. O corpo técnico administrativo é formado por 21 funcionários entre efetivos e contratados.