POR Ascom/Toni Vasconcelos, 13 abr 2016, 17H02

Reitoria se manifesta sobre agressão à turma de enfermagem em Sr. do Bonfim

Nota à Comunidade Bonfinense

A Reitoria da Universidade do Estado da Bahia (UNEB) vem manifestar publicamente a sua indignação frente às agressões sofridas pela docente da universidade, Cláudia Suely Barreto Ferreira e a sua turma do bacharelado em Enfermagem ofertado no Campus de Senhor do Bonfim, durante as atividades da disciplina Estágio Curricular Supervisionado II, no Hospital Dom Antônio Monteiro.

A professora e os estudantes foram agredidos verbalmente por um médico plantonista do referido estabelecimento de saúde, que proferiu discurso desrespeitoso e homofóbico contra um estudante que usava brinco durante a atividade acadêmica. Registre-se que os estudantes e professores da UNEB, em nenhum momento, foram notificados da objeção ao uso de brincos no âmbito daquela instituição.

Esta Universidade reitera o seu firme posicionamento contra qualquer tipo de preconceito e discriminação e/ou qualquer ação que fira a dignidade humana ou profissional na comunidade acadêmica ou externa.

A instituição informa ainda que os relatos do ocorrido já foram encaminhados para apreciação da Procuradoria Jurídica (Projur) da UNEB, com vistas à adoção de medidas cabíveis.

José Bites de Carvalho
Reitor da UNEB

Em reunião realizada hoje (13), o Conselho Superior de Ensino, Pesquisa e Extensão (CONSEPE), órgão máximo acadêmico da universidade, reforçou o manifesto institucional contra as agressões e apoiou o posicionamento da Reitoria sobre o ocorrido.


  • No Related Post


Envie uma mensagem: