POR Ascom/Renilson, 07 fev 2014, 18H42

Reitor visita campus de Coité para discutir ações e firmar parceria com o poder público local

Renilson Pinto

Assessor de Comunicação

Foi a primeira visita do professor Bites a um campus do interior após a eleição para Reitoria

O Campus de Coité foi o primeiro a ser visitado pelo Reitor Bites após a eleição para reitoria

O Reitor da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), professor José Bites de Carvalho, o Pró-reitor de Pesquisa e Pós-Graduação (PPG), professor Atson Souza, e a professora Marluce Macedo, Pró-reitora de Ações Afirmativas (Proaf), estiveram na manhã desta sexta-feira (7) no Departamento de Educação, em Conceição do Coité, reunidos com a comunidade acadêmica, para conversar sobre a ampliação do campus, tal como o Plano Diretor e a implantação do curso de Agronomia.

A reunião foi considerada produtiva e um ato de cidadania pelos presentes

A reunião foi considerada produtiva e um ato de cidadania pelos presentes

A reunião foi convocada pela direção do campus XIV, e contou com a presença do prefeito de Coité, Francisco de Assis, Perpétua Boaventura, secretária de educação e Gilca Morais, secretária de agricultura. Também esteve presente, o professor do curso de Letras/Português, Luiz Antônio Valverde e representantes de entidades sociais da região, além dos estudantes e funcionários da Universidade.

O professor Bites lembrou da eleição para reitoria e reconheceu o apoio que recebeu através de uma votação expressiva nas urnas, na eleição para reitoria em outubro passado, e, ainda, reafirmou sua proposta de gestão sobre o fortalecimento dos campi do interior.

“ Acreditamos no projeto de gestão que colocamos para a Universidade, onde somos favoráveis que a expansão da Academia seja de fato real e permanente, mas ela precisa ser constantemente qualificada, pois entendemos que é muito forte o anseio da comunidade pelo avanço da nossa Universidade”, ressaltou o reitor, após salientar que, um dos objetivos de sua gestão é avançar fortemente na interiorização da pós-graduação e do Mestrado.

Diretor referendou a vontade da população sobre o curso durante a reunião

Diretor referendou a vontade da população sobre o curso durante a reunião

Deijair Ferreira, diretor do campus salientou a importância do curso de Agronomia para o desenvolvimento rural e sustentável do território. “Não tenho dúvidas que a implantação deste curso responde aos anseios dos movimentos sociais e será mais uma alternativa de se fazer um curso superior nesta área”, ressaltou o docente, que na ocasião destacou que essa é mais uma etapa para a consolidação do PDI que está sendo discutido no departamento.

Presente na reunião, o prefeito de Conceição do Coité falou que o município está disposto a fazer a doação de uma área correspondente a 6 hectares de terra (52 tarefas) para que o novo curso de Agronomia aconteça. De acordo com o gestor municipal, “o nosso propósito, é usar o espaço da escola agrícola, que pretendemos doar para a universidade, o qual chamará de “Centro do

Prefeito reafirmou ato de doação do terreno para sediar o curso de Agronomia

Prefeito reafirmou ato de doação do terreno para sediar o curso de Agronomia

Saber”, que não só englobe curso de nível superior, mas também, cursos técnico-profissionalizantes. Acreditamos que, com a parceria da UNEB, isso é viável”, anunciou o prefeito.

Henrique Valença, representante dos técnicos-administrativo do departamento, ressaltou que este curso é uma luta dos movimentos sociais da região e que a UNEB, enquanto instituição de ensino superior presente no Território do Sisal, tem o dever de concretizar o sonho da população da região.

“Essa é uma luta que estamos travando há anos, o povo do sisal precisa desse curso, vamos tornar esse sonho realidade, mas cabe ao Magnifico Reitor proclamar a sua implantação”, incentivou o estudante de João Gabriel.

Preocupada com a real demanda do curso, Marluce Macedo, professora do curso de Licenciatura em História do campus de Coité e atual pró-reitora da Proaf, argumentou que é preciso, inicialmente, uma reflexão sobre a necessidade dessa graduação e não apenas pensar em uma política de manter essa população na roça, mas sim, deixar que esses indivíduos possam escolher seu destino.

O Pró-Reitor Atson Fernandes considerou o momento como exercicio de cidadania

O Pró-Reitor Atson Fernandes considerou o momento como exercício de cidadania

O professor Atson Souza elogiou o ato e destacou que o momento lhe deixou contente pelo encontro ser um verdadeiro exercício da cidadania. “Este é o ambiente exato, pois nós estamos dentro da Universidade, por isso é importante travarmos esse debate. Fico feliz com toda essa discussão, afinal, é a universidade sendo pensada a partir dos anseios da sociedade”, lembrou o pró-reitor.

Após a conversa, ficou agendada uma reunião com os diretores dos campi da Rede Antônio Conselheiro (Serrinha, Coité, Paulo Afonso e Euclides da Cunha), para a reformulação do projeto do curso, e estabeleceu prazo até junho para finalização desta conversa, para em seguida, o prefeito doar oficialmente o terreno para implantação do curso de Agronomia.

Ainda ficou estabelecido um modelo alternativo de curso para ser aprovado pelo Conselho Universitário. Sendo assim, as aulas poderão acontecer no primeiro ano na UNEB de Euclides da Cunha, pelo fato desse curso já estar implantado no DEDC de lá há exatamente um ano. Ou seja, funcionará em regime de alternância, um ano no campus (XXII) Euclides e o outro no campus (XIV) Coité.

Reitor e Pró-Reitores visitam local onde será instalado novo curso

Reitor e Pró-Reitores visitam local onde será instalado novo curso

“É uma demanda justa, penso que podemos discutir ainda mais sobre isso para que possamos encontrar caminhos pra solucionar esta questão, mas precisamos refletir ainda mais sobre isso. Não sou contra o projeto, sempre fui a favor da expansão da Universidade, lutei por isso, e agora como Reitor, continuo ainda mais fortalecendo essa ideia”, concluiu professor José Bites.

No inicio da tarde, o professor Deijair Ferreira e o Prefeito Assis conduziram o Reitor e sua comitiva até as dependências da Escola Agrícola, há 4 km da sede do município, o objetivo da viagem foi para apresentar o espaço onde, provavelmente, será implantado o novo curso da UNEB.

Clique aqui e veja as fotos do evento.

Fotos: Claudiane Santos, estudante do curso de Rádio e TV do campus XIV.




Envie uma mensagem:

Comentrios no so permitidos.