13/12/2011CEE aprova por unanimidade recredenciamento da UNEB pelo prazo máximo

Wânia Dias
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


Vice-presidente Alda Pepe (CEE), conselheira relatora Renée Albagli (CEE), presidente Aylana Barbalho (CEE), reitor Valentim e vice-reitora Adriana Marmori confraternizaram momento histórico da universidade

Relatora e dirigentes do conselho confraternizam com reitor e vice-reitora. Fotos: Anderson Freire/Ascom

O Conselho Estadual de Educação (CEE) aprovou por unanimidade o recredenciamento da UNEB por mais oito anos, prazo máximo que pode ser concedido a uma instituição de ensino superior.

O anúncio foi feito durante a última sessão plenária este ano do CEE , realizada hoje (13), no Fiesta Convention Center, bairro do Itaigara, em Salvador, com a presença do grupo gestor da universidade.

Grupo gestor da universidade participou da reunião

Grupo gestor da universidade participou da reunião do órgão

Hoje é um dia histórico para a UNEB. Conseguimos alcançar um período inédito de recredenciamento graças ao trabalho e esforço de toda a comunidade acadêmica, do mais modesto servidor ao de maior titularidade. Se eu tivesse que encerrar a minha carreira de reitor agora, eu o faria feliz, com a sensação de dever cumprido”, comemorou Lourisvaldo Valentim, reitor da universidade.

A relatoria do parecer de recredenciamento da instituição ficou a cargo da conselheira Renée Albagli, que comparou aspectos abordados no projeto enviado pela UNEB com a avaliação realizada pela comissão de verificação constituída pelo órgão.

Essa comissão, da qual fizeram parte profissionais de outras instituições do país, realizou visitas técnicas a 12 campi da universidade.

A decisão favorável foi tomada com base na análise de vários volumes de documentos, em entrevistas com diretores de departamento, docentes, discentes e técnicos administrativos e na observação in loco das instalações, acervo e atividades em cada unidade da UNEB.

Renée Albagli, conselheira relatora do parecer do recredenciamento

Renée: "É preciso dar continuidade a esse progresso"

“Houve um expressivo crescimento de todos os indicadores de qualidade da UNEB no que tange ao ensino, pesquisa e extensão. Agora é preciso dar continuidade a esse progresso”, avaliou Renée.

Para a presidente do CEE, Aylana Barbalho, a universidade está cumprindo muito bem o seu papel na sociedade baiana, “sempre com vontade de crescer, e por isso avança. Estamos muito felizes em poder encerrar este ano de trabalho deliberando esse parecer favorável a instituição”, destacou Aylana.

Indicadores de qualidade

Muitos foram os pontos da estrutura e funcionamento da universidade realçados no parecer da conselheira.

De dezembro de 2006 a maio de 2011, por exemplo, o número de professores com título de doutorado aumentou 100%, o que fortaleceu os grupos de pesquisa nos campi da capital e interior, ampliou a captação de recursos externos, e possibilitou a implantação de novos cursos de pós-graduação stricto sensu.

Conselheiros aprovam recredenciamento por unanimidade

Todos os conselheiros votaram a favor da aprovação

Em 2006, a universidade dispunha de apenas um curso de mestrado — hoje oferta 12, que contemplam inclusive cidades do interior do estado.

Quanto à captação de recursos nos últimos cinco anos o crescimento também foi significativo, de R$ 1,5 milhão para R$ 6 milhões.

“Assumimos o compromisso de crescer e crescemos. Esses números são a prova de que estamos cumprindo o nosso compromisso com a educação no estado”, afirmou Valentim.

A resolução do Conselho Estadual de Educação será encaminhada para homologação do governador da Bahia, Jaques Wagner, e publicação no Diário Oficial do Estado (DOE).

Imagem (home): Anderson Freire/Ascom


Reportagem de cobertura da WebTV.UNEB

Galeria de fotos

http://www.uneb.br/canudos/2011/12/13/cee-aprova-por-unanimidade-recredenciamento-da-uneb-por-prazo-maximo/