POR malcantara, 04 abr 2012, 20H14

Protesto contra assassinato de técnico do Campus II reúne 400 pessoas

di_alagoinhas

Manifestação contou com participação da população e percorreu as principais ruas de Alagoinhas

A última segunda-feira (2) foi um dia de luto e luta para o Campus II da UNEB, em Alagoinhas.

A aparente normalidade das atividades acadêmicas e administrativas da universidade contrastou com a consternação da comunidade unebiana, que saiu em passeata para protestar contra o assassinato do servidor e ex-estudante Visdaelton Júnior, ocorrido no último sábado (31), às 20h, próximo à sua residência.

Depois de realizarem, no domingo (1º), viagens de ida e volta, entre Alagoinhas e Santa Luz, cidade natal do jovem, para prestar solidariedade à família do colega assassinado, os servidores dos departamentos de Ciências Exatas e da Terra (DCET) e de Educação (DEDC) da unidade, passaram a segunda-feira promovendo, além de suas atividades funcionais, os preparativos para a passeata.

post5

Comunidade confeccionou faixas de protesto

Servidores, diretores e estudantes ocuparam os espaços do campus e realizaram atividades de confecção de faixas e cartazes, enquanto rádios locais e a TV Subaé noticiavam o assassinato e a mobilização da comunidade unebiana.

A concentração para a passeata teve início às 16h, no posto de combustíveis da Texaco, em Alagoinhas. Com escolta da polícia militar e apoio de um carro de som, além de inúmeras faixas e cartazes, um grupo de 400 pessoas percorreu as principais ruas de Alagoinhas.

A comunidade acadêmica do Campus II, reforçada por representantes da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb) e do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da instituição, caminhou por quase 2h, reclamando atenção para o crime acontecido.

A manifestação paralisou a cidade e foi encerrada no local em que Visdaelton foi assassinado. A esta altura, moradores da rua Luiz Viana puderam colaborar com informações sobre o crime. No final, os participantes promoveram um minuto de silêncio e rezaram em homenagem ao colega.

Mobilização pela paz

post7

Servidores prestaram homenagens a Visdaelton

A segunda-feira não assistiu às últimas homenagens ao jovem Visdaelton, mas sim ao começo de um movimento pela vida e pela paz em Alagoinhas.

Em continuidade ao movimento, será realizada uma sessão na Câmara de Vereadores na próxima terça-feira (10), a partir das 19h, na qual vai ser feita uma moção de repúdio ao crime e às violências nas cidades do interior do estado.

Em ofício conjunto, os diretores Gregório Benfica (DEDC) e Vera Vale (DCET), já solicitaram ao secretário estadual de Segurança Pública (SSP), Maurício Teles Barbosa, audiência para tratar dessas questões.

Os diretores esperam contar com o apoio da administração central da UNEB e do Fórum de Diretores para pressionar as autoridades policiais para uma rápida resolução do caso. Um Observatório de Políticas de Segurança Pública deve ser instalado no município para fomentar o debate do tema de forma permanente.

A imagem serena e doce de nosso colega Visdaelton nos mobiliza por essa luta pela vida, luta que esperamos seja abraçada por todos.

Leia também nota de falecimento divulgada no último domingo (1º) pelos diretores de departamento do campus.

Texto e fotos: Antonio Cleber Santana, agente de comunicação do DEDC/Campus II, com edição da Ascom

Galeria de fotos




Envie uma mensagem: