POR Ascom / Danilo Oliveira, 08 mar 2017, 17H00

Aula inaugural: Programas de Pós em Educação discutem pesquisa na UNEB

Hércules Andrade
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

di_pos-anterior

A pesquisadora Mônica Fantin (dir.) ministrou a palestra Dilemas e Perspectivas Contemporâneas da Pesquisa em Educação

Para refletir sobre as perspectivas contemporâneas da pesquisa, pesquisadores e estudantes dos Programas de Pós-Graduação em Educação da UNEB participaram de aula inaugural no dia 7 de março, no teatro do Campus I, em Salvador.

O evento foi realizado em conjunto pelos Programas de Pós Graduação em Educação e Contemporaneidade (PPGEduC) e em Gestão e Tecnologias Aplicadas à Educação (Gestec), pelos Mestrados Profissionais em Educação de Jovens e Adultos (Mpeja) e em Educação e Diversidade (Mped) e pelo Doutorado Multi-institucional e Multidisciplinar em Difusão de Conhecimento (DMMDC).

A aula magna teve como tema “Dilemas e Perspectivas Contemporâneas da Pesquisa em Educação” e foi ministrada pela pesquisadora Mônica Fantin, da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc).

Durante a atividade, a docente abordou a importância dos docentes orientarem os seus estudantes de forma contextualizada, sobretudo os que estão iniciando as suas atividades na área das pesquisas científicas, e atentos aos questionamentos que devem ser suscitados durante o processo de produção do conhecimento.

“Interrogar faz parte da pesquisa e as imagens e associações criadas inicialmente, na tentativa dos estudantes de encontrarem respostas, permitem um olhar ampliado do professor sobre os seus orientandos”, destacou a pesquisadora.

Os participantes do evento foram também orientados a refletir sobre temas específicos que relacionam os desafios e possibilidades da pesquisa no campo da educação na atualidade.

Articulação da Pós-Gradução

Participaram da mesa de abertura da aula inaugural a vice-reitora da UNEB, Carla Liane, a pró-reitora de Pesquisa e Ensino de Pós-Graduação (PPG), Tânia Hetkowski, os coordenadores Cesar Leiro (PPGEduC), André Ricardo Magalhães (Gestec), Tânia Regina Dantas (Mpeja), Sueli Messeder (DMMDC), e pela representante do Mped, Carmélia Miranda.

A professora Carla Liane parabenizou os gestores dos programas por estarem reunidos e pela iniciativa de congregar os quadros docente e discente no início do semestre.

“Realizar uma aula inaugural em conjunto é acreditar na otimização e no diálogo entre os programas. Assim, podemos compartilhar e tornar plurais as pesquisas em educação”, ressaltou a vice-reitora.

Coordenador do PPGEduC, Cesar Leiro explicou que o tema do evento foi escolhido por ser transversal aos cinco programas, por trazer para os pesquisadores possíveis descrições do momento histórico vivido.

“Com essa proposta, criamos alternativas para compreender essa realidade e sugerir perspectivas para que possamos superar a crise que se apresenta no campo da Educação”, afirmou o pesquisador.

interna_pos2-anteriorRede de pesquisadores

De acordo com a pró-reitora Tânia Hetkowisk (PPG), todos os programas participantes do evento são uma forte representação da pesquisa em educação na universidade e a união deles possibilitou que a edição do evento também adquirisse um caráter informativo.

Coordenadora do DMMDC, Sueli Messeder avalia que a realização do evento representou um avanço para a instituição: “Tanto no sentido local, quanto no sentido global, essa atividade de hoje apresenta mais do que um intercâmbio entre os núcleos, ela é inspiração para novos projetos”.

Nesse sentido, o professor André Ricardo Magalhães (Gestec) frisou também a importância de acolher as iniciativas de pós-graduação profissionais e promover o intercâmbio de experiências entre docentes e estudantes.

Para Carmelia Miranda, representante do Mped, a edição da aula inaugural pôde ampliar as trocas que já acontecem dentro dos programas e agregar interatividade ao processo.

Além de reconhecer os intercâmbios promovidos durante o evento, a coordenadora do Mpeja, Tânia Regina Dantas, reforça a importância de todos os representantes para alinhar as ações por uma pós-graduação mais digna e qualificada. “Lutamos, todos nós, por uma política de estado, de nação e não de governo ou de gestão”, afirmou a coordenadora.

Ainda durante a manhã, houve a entrega de uma placa à professora Nacimaria Correia, em reconhecimento aos trabalhos prestados pela docente ao Departamento de Educação do Campus I. A oferta da honraria concluiu as homenagens promovidas em celebração aos 15 anos do PPGEduC.

A programação reservou também o lançamento do livro Representações e Turismo: Imagens e Práticas Socioculturais no Espaço, de autoria do pesquisador Natanael Reis Bomfim, e o pocket show da cantora e historiadora Juliana Ribeiro.


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: