POR Ascom/Wania Dias, 21 fev 2017, 15H55

Evento em Barreiras analisa licenciaturas nas IES públicas baianas

Núcleo de Jornalismo*
Assessoria de Comunicação

x

A abertura do evento contou com gestores da UNEB e de outras IES públicas baianas, além de autoridades políticas da região

Com objetivo de analisar as políticas e práticas de cursos de licenciatura ofertados nos Institutos de Ensino Superior da Bahia, foi realizado o Simpósio Baiano de Licenciaturas e o Seminário Baiano do PIBID/IAT entre os dias 09 e 11 de fevereiro, em Barreiras,.

O evento, promovido pela Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), com o apoio do Departamento de Ciências Humanas (DCH) do Campus IX da UNEB, no município.

Com o tema Cursos de Licenciatura nas IES públicas baianas: Políticas e Práticas, a iniciativa foi destinada aos estudantes de licenciatura, professores da educação básica e superior.

A programação reservou mesas temáticas, conferências, apresentação de pôsteres, comunicações orais e atividades culturais, com destaque para a participação do professor Luiz Fernandes Dourado, da Universidade Federal de Goiás (UFG), relator das resoluções do Conselho Nacional de Educação/ Conselho Pleno N 02/2015, que ministrou a conferência de abertura intitulada A docência como ação educativa e processo pedagógico.

A cerimônia de abertura do evento contou com participação da Pró-Reitora de Graduação (Prograd) Káthia Marise Sales, e do diretor do DCH, Joaquim Neto, além de membros da Secretaria Municipal da Educação de Barreiras, do Fórum Nacional dos Coordenadores Institucionais do Programa Institucional de Bolsas de Iniciação à Docência (FORPIBID-BA) e de representações discente e docente.

Representantes da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs) da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (Uesb), da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB), da Universidade Federal do Sudoeste da Bahia (UFSB), da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), do Instituto Federal de Educação e Tecnologia Baiano (IF Baiano) e do Instituto Federal de Educação e Tecnologia da Bahia (Ifba) também prestigiaram a iniciativa.

Homenagem

A programação do evento reservou ainda uma homenagem a Norma Neyde de Queiroz, servidora da UNEB desde sua criação, que faleceu em 24 de janeiro, deixando como seu maior legado o Programa Rede UNEB 2000, que formou mais de 20 mil professores em 145 municípios baianos.

Em 2016, Norma Neyde recebeu a Medalha de Mérito Universitário, uma honraria conferida exclusivamente a personalidades que prestaram serviços relevantes à educação.

A Universidade Federal do Oeste da Bahia (UFOB), o Fórum Estadual Permanente de Apoio à Formação Docente do Estado da Bahia (Forprof-BA), o Instituto Anísio Teixeira (IAT) e a Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) também participaram da realização do evento.

*Texto e fotos Erycsson Sampaio, do Núcleo de Comunicação do DCH/Campus IX


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: