POR Ascom / Danilo Oliveira, 06 jan 2017, 14H23

Campus de Salvador vai ofertar primeira graduação em Física da UNEB

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

A UNEB vai lançar a sua primeira graduação em Física. A licenciatura será ofertada já no primeiro 2017, no período noturno, pelo Departamento de Ciências Exatas e da Terra (DCET) do Campus I, em Salvador.

paulo-fisica

Paulo Ramos: "Forte determinação de ampliar, em número e qualidade, o universo de professores de Física em Salvador"

A seleção de candidatos para as 40 vagas oferecidas pela universidade será feita exclusivamente pela edição 2017.1 do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do Ministério da Educação (MEC), que utiliza o resultado obtido pelo estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2016.

“Trata-se de um curso moderno, voltado para as necessidades atuais de ensino da Física, respeitando a realidade das nossas escolas, sobretudo, aquelas da rede pública. Ele nasce com a forte determinação de ampliar, em número e qualidade, o universo de professores de Física em Salvador”, destaca o professor Paulo Ramos.

Além do pesquisador, participaram também da elaboração do projeto da graduação os docentes Marco Trindade, Ruivaldo Sobral, Walter Duarte, Antônio Luiz Almeida e José Vicente Cardoso.

O curso objetiva a formação de um educador com sólidos conhecimentos em Física Teórica e Experimental sendo amplamente capacitado no desenvolvimento e utilização de tecnologias computacionais a fim de promover uma aprendizagem sólida e sintonizada com o mundo tecnológico atual.

ruivaldo-fisica

Ruivaldo Sobral (coordenador): Estudantes serão incentivados a usar a criatividade para entender fenômenos

“O discente contará com uma sólida formação em Física Clássica e Moderna ao longo da graduação, apoiada no uso e aplicação das Tecnologias da Informação e Comunicação”, explica a equipe responsável pelo projeto.

Ainda de acordo com o docente, os estudantes serão também incentivados a idealizar e implementar experimentos didáticos de baixo custo destinados ao ensino básico, o que irá garantir a existência de aulas experimentais de Física mesmo nas escolas que não disponham de laboratórios e recursos afins.

A licenciatura em Física terá carga total de 3.300 horas-aula, divididas em disciplinas obrigatórias (3.180h) e optativas (120h), e tem conclusão prevista em nove semestres.

Além de atender a uma demanda institucional, o curso tem como objetivos a redução da carência de professores da área nas Redes Públicas Estadual e Municipais de Educação da Bahia e despertar o entusiasmo dos jovens pelas carreiras de Ciência e Tecnologia.

Informações: DCET/Campus I – tel. (71) 3117- 2312/ 2279.


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: