POR Ascom / Danilo Oliveira, 28 jul 2015, 15H16

UNEB promove expedição em homenagem ao centenário de José Calasans

Núcleo de Jornalismo*
Assessoria de Comunicação

calasans_canudos_DI

A iniciativa contou com sessão solene na Câmara Municipal de Canudos. Fotos: Equipe de Comunicação do Projeto Canudos

Em homenagem aos 100 anos de nascimento do sergipano José Calasans Brandão da Silva, um dos maiores historiadores da Guerra de Canudos, a UNEB promoveu a expedição “Calasans a Canudos”, nos dias 17 e 18 de julho.

A iniciativa, que integra extensa programação alusiva ao centenário do pesquisador, comemorado em 14 de julho, foi idealizada e organizada por uma comissão constituída pela Portaria 0415/2015.

A comissão é presidida pelo professor da UNEB Luiz Paulo Neiva e composta por representantes das universidades Federal da Bahia (Ufba) e Católica do Salvador (UCsal), da Academia de Letras da Bahia (ABL), do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB) e do Museu Eugênio Teixeira Leal.

A expedição, que reuniu membros da comissão, familiares de Calasans, autoridades políticas e representantes da comunidade local, reservou diversas atividades. Destaque para a sessão solene na Câmara Municipal de Canudos e para a inauguração do cenário “Os memorialistas”.

A sessão foi realizada no primeiro dia da iniciativa e contou com a participação do Prefeito de Canudos, Genário Rabelo de Alcântara, da Presidente da ALB, Evelina Hoisel, do representante do IGHB e ex-Reitor da UNEB, professor Edivaldo Boaventura, da Diretora do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias do Campus XXII da UNEB, em Euclides da Cunha, professora Juciana Cerqueira, e do professor Luiz Paulo Neiva, que representou o Reitor da Universidade, professor José Bites de Carvalho.

Já no segundo dia da expedição, foi realizada uma visita orientada ao Parque Estadual de Canudos (PEC). Durante a atividade houve a inauguração do cenário “Os memorialistas”, que conta com oito painéis, incluindo um em homenagem a José Calasans.

A iniciativa promoveu ainda mesa-redonda sobre a vida e a obra do historiador no jardim do Memorial Antônio Conselheiro (MAC) e a apresentação da peça “Canudos”, da Companhia de Teatro de Canudos.

O professor José Calasans Brandão da Silva completaria 100 anos no dia 14 de julho de 2015. Nasceu no na cidade de Aracaju, em Sergipe, mas exerceu importantes cargos na Bahia, onde publicou a maior parte da sua obra de historiador, sendo considerado um grande inovador dos estudos e pesquisas sobre Canudos, seu tema preferencial.

*Com informações da Equipe de Comunicação do Projeto Canudos


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: