POR Ascom/Wania Dias, 21 mai 2015, 15H56

Mobilidade discente é tema de reunião entre IES do Vale do São Francisco

Núcleo de Jornalismo*
Assessoria de Comunicação

A mobilidade discente foi pauta de reunião técnica entre a UNEB, por meio da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação (Prograd), e representantes de Instituições de Ensino Superior (IES) públicas do Vale do São Francisco.

O encontro, que aconteceu em abril deste ano, no Departamento de Tecnologia e Ciências Sociais (DTCS) do Campus III da Universidade, em Juazeiro, teve como objetivo criar um Termo de Cooperação Técnica entre as instituições.

“Temos cinco IES atuando no Vale do São Francisco que podem ser parceiras e gerar resultados favoráveis para a sociedade, para a comunidade estudantil e para todas as categorias que estão inseridas no processo de educação superior”, destacou o diretor acadêmico da Faculdade de Ciências Aplicadas e Sociais de Petrolina (Facape), professor Antônio Habib.

A pró-reitora da Prograd, professora Khátia Marise Sales, ressaltou que a mobilidade discente possibilita aos estudantes vivência em outros ambientes acadêmicos, além de um percurso formativo mais autônomo.

“Os componentes curriculares cursados em outras instituições não precisam, necessariamente, ser itens curriculares obrigatórios. Podem ser avaliados como equivalentes, como componentes eletivos, optativos ou simplesmente de formação ampla”, explicou Khátia Marise.

A reunião contou ainda com participação dos diretores do DTCS, Jairton Fraga, e do Departamento de Ciências Humanas (DCH), Márcia Guena, além de representantes do Instituto Federal do Sertão de Pernambuco, da Universidade de Pernambuco (UPE), e da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf).

“A primeira etapa do cronograma de ações será a assinatura do termo de cooperação técnica, que deve acontecer em 60 dias”, pontuou a pró-reitora Khátia Marise, sinalizando que alguns regulamentos internos da graduação na UNEB serão revistos para comportar essas mudanças.

A proposta vai compor um projeto arrojado de mobilidade discente na UNEB. As ações terão início no Campus III, em Juazeiro, e serão implementadas em todos os campi da universidade gradativamente.

*Com informações e fotos de Ianne Lima , do Núcleo de Comunicação do DTCS/UNEB


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: