POR Ascom / Danilo Oliveira, 20 fev 2014, 14H57

UNEB inicia planejamento interno para participar do Censo Universitário

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

Representantes da Equipe de Acompanhamento do Censo Inep/UNEB 2013 se reuniram, nesta quarta-feira (19), para dar continuidade aos trabalhos de organização, acompanhamento e sistematização de informações da Universidade que serão encaminhadas ao Censo Universitário, realizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep/MEC).

O Censo 2013 foi aberto pelo Inep no dia 03 de fevereiro, e a UNEB criou uma Equipe de Acompanhamento para planejar, sistematizar e prestar as informações institucionais necessárias ao Censo Universitário. Esta equipe é composta por representantes da PGDP (Pró-Reitoria de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas), da PROGRAD (Pró-Reitoria de Ensino de Graduação), da UDO (Unidade de Desenvolvimento Organizacional), da SGC (Secretaria Geral de Cursos), da UNEAD (Unidade de Educação a Distância) e da CPA (Comissão Própria de Avaliação).

CONSEQUÊNCIAS – O censo é obrigatório para instituições de ensino superior (IES), públicas e privadas, que devem fornecer dados sobre seus cursos, docentes e estudantes, infraestrutura, entre outros. A participação da UNEB no Censo é pré-requisito fundamental para incluí-la no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) e nos programas de bolsas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes).

Desse modo, a falta de informações bem como a inconsistência dos dados apresentados ao Censo podem resultar em uma série de problemas para a Universidade, dentre eles a desqualificação da instituição junto ao MEC, a redução do número de bolsas de iniciação científica (IC), e a perda de autonomia dos cursos de graduação na emissão de diplomas.

COORDENAÇÃO – A coordenação da Equipe de Acompanhamento do Censo INEP/UNEB 2013 está sob a responsabilidade da Assessoria Especial da Reitoria, através do professor Ivan Novaes. Para ele, é muito importante o envolvimento de todos os setores da UNEB nessa tarefa de atualização de dados. E para conscientizar toda comunidade acadêmica quanto à necessidade da participação no Censo, a Equipe de Acompanhamento, juntamente com a ASCOM, criou a campanha BOM CENSO É 100%.

“As informações coletadas pelo Censo se constituem em uma base de referência para conhecer melhor nossa Instituição, por isso essas informações devem ser precisas e coerentes. Toda Universidade deve participar desse processo. Por isso ele dele ser 100%”, ressalta o professor Ivan.

REFERÊNCIAS – Presente à reunião desta quarta-feira, o Reitor José Bites ressaltou que a atualização, correção e inclusão de novos dados no sistema de informação da universidade é muito importante não apenas para cumprir uma exigência do Censo. Para o Reitor, a organização e sistematização das informações em um banco de dados comum e acessível vai oferecer um referencial técnico importante para a UNEB no momento de criação e desenvolvimento de todos os seus projetos.

METODOLOGIA – Conforme o professor Ivan Novaes, a Equipe de Acompanhamento do Censo INEP/UNEB 2013 é responsável pelo fornecimento das informações da instituição ao Censo, razão pela qual foi criada uma metodologia de transferência de dados dos setores para esta Equipe.

Confira abaixo o fluxograma metodológico:

FLUXOGRAMA_CENSO3Clique na imagem para ampliar


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: