POR Ascom/Toni Vasconcelos, 24 out 2011, 16H45

Universidade mantém aberto sistema de inscrição e geração de boleto até dia 6

Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


A UNEB decidiu manter aberto o sistema de inscrições e geração de boleto bancário para o Vestibular 2012 até o dia 6 de novembro.

A decisão visa atender os candidatos que estão com dificuldade de efetuar o pagamento da taxa de inscrição, principalmente devido ao congestionamento da rede bancária após a prolongada greve nacional no setor.

Os boletos gerados no domingo (6) devem ser pagos no dia seguinte (7) durante o horário bancário local.

Além das agências bancárias, o pagamento da taxa (R$ 90) continua podendo ser efetivado também em casas lotéricas, caixas eletrônicos e internet banking.

O termo aditivo com a decisão foi publicado na edição desse final de semana (dias 22 e 23) do Diário Oficial do Estado (DOE).

Um dos maiores processos seletivos universitários do país, o Vestibular 2012 da UNEB está oferecendo 4.006 vagas distribuídas em mais de 100 opções de cursos presenciais de graduação, em 24 cidades baianas (capital e interior).

A universidade também vai disponibilizar outras 1.069 vagas para ingresso por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), do Ministério da Educação (MEC), o que totalizará 5.075 vagas (contabilizando vestibular e Sisu).

Pioneira no país na implantação do sistema de cotas, a UNEB reserva 40% das vagas para candidatos negros da rede pública de ensino e 5% para indígenas.

Entre os destaques desta edição do certame, está o novo curso de medicina, que vai abrir inicialmente 60 vagas no Campus I, em Salvador. As outras novas graduações que estão sendo ofertadas são: ciências sociais (Campus I), direito (Campus XX, em Brumado) e engenharia de pesca (Campus XXIV, em Xique-Xique).

As provas do processo seletivo vão acontecer nos dias 11 e 12 de dezembro.

A relação de cursos, quadro de vagas, provas, normas e cronograma da seleção constam no edital do processo seletivo.

Informações: Copeve/Campus I − tel. (71) 3117-2389 e 0800-071-3000.

Imagem (home): Divulgação


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: