POR Ascom/Toni Vasconcelos, 13 out 2011, 12H37

SINBaianidade: simpósio internacional inicia hoje (13) em Seabra

Wânia Dias
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


A partir de hoje (13), reconhecidos intelectuais do país participam do I Simpósio Internacional de Baianidade (SINBaianidade), que acontece no Campus XXIII da UNEB, em Seabra.

Entre eles, está o sociólogo e comunicólogo Muniz Sodré, professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro (Ufrj), que irá ministrar a conferência de abertura, intitulada Sobre a maneira de estar no mundo, às 19h. O evento continua com programação até este domingo (16).

Já o poeta e compositor José Carlos Capinan, um dos grandes expoentes do tropicalismo, irá coordenar a sala Baianidade litero-musical, ao lado de João Jorge, presidente do Olodum. A atividade será realizada no dia 15, das 14h50 às 16h.

O simpósio será prestigiado ainda por Camilo Afonso, adido cultural da embaixada de Angola no Brasil, Misbah Akanni, diretor da Casa da Nigéria na Bahia, e Rubens Bayardo, professor da Universidade de Buenos Aires (UBA), entre outros pesquisadores, professores e convidados.

De acordo com o diretor do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) do campus, Gildeci Leite, responsável pela iniciativa, a programação do evento vai discutir as faces da baianidade a partir do olhar de pesquisadores do Brasil e do exterior.

“A Bahia é um estado-nação do ponto de vista de sua identidade cultural. A intenção do simpósio é entender a diversidade dessa nação debatendo diversos aspectos como a religiosidade, a história, a musicalidade e a língua”, pontua Gildeci.

Os interessados devem enviar ficha de inscrição, disponível no site do evento, para o e-mail sinbaianidade@uneb.br, até o dia 7 de outubro. A taxa varia entre R$ 30 e R$ 310.

A iniciativa conta com o apoio das pró-reitorias de Graduação (Prograd), de Extensão (Proex) e de Assistência Estudantil (Praes), além do Centro de Estudos Povos Afro-Índio-Americanos (Cepaia) e da Editora UNEB (Eduneb).

Os departamentos de Educação (DEDC) dos campi de Alagoinhas, Conceição do Coité, Guanambi, Itaberaba, Serrinha e Valença; de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) de Ipiaú, Bom Jesus da Lapa, Brumado, Caetité, Euclides da Cunha, Eunápolis, Irecê e Xique-Xique; e de Ciências Humanas (DCH) de Barreiras e Jacobina também participam da organização do simpósio.

Informações: DCHT/Campus XXIII – tel. (75) 3331-2222.

Imagem (home): Divulgação


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: