POR Ascom/Toni Vasconcelos, 06 out 2011, 12H36

Gestão compartilhada norteia pauta no 1º dia do encontro nacional da Abruem

Wânia Dias
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

71--DI

Gestores de universidades estaduais e municipais participaram da abertura. Fotos: Toni Vasconcelos/Ascom

“A Associação Brasileira dos Reitores das Universidades Estaduais e Municipais congrega as maiores universidades do Brasil e possibilita a criação de agendas comuns em busca do fortalecimento das instituições de nível superior. Esse é um importante momento de troca de experiências e de união de forças em prol da educação brasileira.”

Essa foi a avaliação que o secretário estadual da Educação (SEC), Osvaldo Barreto, fez sobre a importância do 49ª Fórum Nacional de Reitores da Abruem, durante a cerimônia de abertura do evento, realizada na noite de ontem (5), no Catussaba Resort Hotel, em Salvador.

OSVALDOBANETO--CORPO

Osvaldo Barreto: evento possibilita criação de agendas comuns para as instituições de ensino

A organização desta edição do encontro tem como parceiras a UNEB, e as universidades estaduais de Santa Cruz (Uesc), de Feira de Santana (Uefs) e do Sudoeste da Bahia (Uesb).

A solenidade de abertura foi coordenada pelo presidente da Abruem, Antônio Joaquim Bastos. Segundo o gestor, também reitor da Uesc, este evento abre caminhos para a administração pública compartilhada, “iniciativa importante para a integração das IES e para o consequente avanço da educação superior no país”, afirmou.

O reitor da UNEB, Lourisvaldo Valentim, destacou que uma das metas da Abruem é alinhar as ações das universidades, buscando o fortalecimento político com o governo federal.

“Temos que unir forças e intercambiar experiências da gestão acadêmica, assim poderemos intensificar a parceria com os ministérios, garantindo novos recursos para as instituições estaduais e municipais”, sinalizou Valentim.

Também prestigiaram a abertura do evento, os secretários estaduais de Ciência e Tecnologia (Secti), Paulo Câmara, e da Saúde (Sesab), Jorge Solla, além do reitor da Uesb, Paulo Roberto Santos, e do reitor em exercício da Uefs, Genival Correia.

abruem-3x2

Antônio Joaquim: fórum abre caminho para integração das IES

O cantor e compositor Tonho Matéria liderou o encerramento das atividades do primeiro dia, que contou com a apresentação dos capoeiristas do projeto Mangangá, coordenado pelo artista.

Na ocasião, a associação homenageou as universidades baianas, concedendo aos seus respectivos reitores placas alusivas ao trabalho desenvolvido na organização do evento. Já os reitores membros da Abruem, que finalizaram seus mandatos nas universidades, receberam um diploma de associado honorário.

Autonomia universitária

Mais de 100 gestores de instituições de ensino superior participam, até o próximo sábado (8), de extensa programação durante o fórum. O tema central dos debates é a Qualidade da gestão acadêmica nas IES estaduais e municipais.

Hoje (6) serão iniciadas as discussões acadêmicas. Destaque para a palestra Autonomia universitária e financeira das IES, que será proferida, às 14h, pelo professor Júlio Cezar Durigan, reitor da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). O reitor Lourisvaldo Valentim vai mediar o debate sobre o tema.

Ás 16h45, o coordenador de educação a distância da UNEB, Silvar Ribeiro, participa da apresentação da câmara sobre apoio técnico em EaD – presidida pelo professor Sebastião Iberes, reitor da Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

Inovação tecnológica e o Sistema Nacional do Ensino Superior estão entre os assuntos que serão abordados nos últimos dois dias de evento.

Galeria de fotos



Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: