POR Ascom/Toni Vasconcelos, 25 jul 2011, 17H46

Revista da Faeeba é um dos trunfos para recredenciamento da universidade

Danilo Oliveira
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação

 

Reitor Valentim (em pé) presidiu cerimônia de lançamento

Reitor Valentim presidiu solenidade de lançamento da 35ª edição da publicação. Fotos: Cindi Rios/Ascom

A Revista da Faeeba, por ser um projeto que a UNEB realiza há 19 anos, sempre prezando pela excelência dos textos divulgados, é um dos trunfos que utilizamos para o recredenciamento de nossa instituição junto ao Conselho Estadual de Educação (CEE).”

Com essas palavras, o reitor da universidade, Lourisvaldo Valentim, celebrou o lançamento da 35ª edição da Revista da Faeeba: educação e contemporaneidade, na última quinta-feira (21), em cerimônia realizada no Auditório Jurandyr Oliveira, do Departamento de Educação (DEDC) do Campus I da instituição, em Salvador.

Lançamento da nova edição da Revista da Faeeba (3)

Cerimônia foi prestigiada por gestores e pela comunidade acadêmica do Campus I

Na oportunidade, o reitor salientou a importância do patrocínio que a Petrobras vem oferecendo há alguns anos ao projeto e revelou que os próximos títulos vão ter apoio da Editora UNEB (Eduneb).

“É uma honra para a Petrobras participar deste lançamento. A Revista da Faeeba representa a solidificação de política de nossa empresa, pois funciona como uma ferramenta de democratização da informação e do conhecimento científico. Pretendemos continuar essa parceria por muito tempo”, destacou a gestora de projetos da estatal pretrolífera, Aurecy Leite.

A revista, que possui periodicidade semestral, é vinculada ao Programa de Pós-Graduação em Educação e Contemporaneidade (PPGEduC), do DEDC.

Diretor do departamento, Antônio Amorim comentou o tema desta edição da publicação, educação e religiões: “A religiosidade é um tema da educação que está associada à nossa universidade em diversos aspectos, já que a Bahia conta com uma grande miscigenação, inclusive no campo religioso”.


Reportagem de cobertura da TV UNEB
petrobras

Para Aurecy Leite, a obra é uma ferramenta de democratização da informação e do conhecimento

Revista internacional 

Durante o lançamento, Tânia Dantas (foto home), editora-geral da revista, antecipou as temáticas que serão abordadas nas futuras edições do periódico.

“A próxima revista trará o tema educação e ruralidades e será coordenada pelo professor Elizeu Clementino (coordenador do PPGEduC). E a edição posterior abordará educação de jovens e adultos e a formação de professores. Além disso, em agosto pretendemos lançar um número especial”, revelou Tânia.

A editora-geral também informou que alguns estandes vão ser disponibilizados nos departamentos do Campus I com o objetivo de divulgar a revista. Tânia lembrou que as edições anteriores estão disponíveis no site da publicação.

A obra já pode ser adquirida no DEDC ou na Eduneb ao custo de R$ 20. Exemplares serão disponibilizados na biblioteca do campus para consulta.

A Revista da Faeeba tem tiragem de mil exemplares e distribuição gratuita para cerca de 600 instituições de ensino superior brasileiras e estrangeiras.

Elizeu Clementino, coordenador do PPGEduC

Elizeu ressaltou que a publicação tem como meta alcançar a classificação de revista internacional

 O periódico conta com artigos científicos e outros gêneros, sendo 50% reservados a autores nacionais, 20% a estrangeiros e 30% à comunidade acadêmica da UNEB.

Elizeu Clementino ressaltou que a publicação tem como meta alcançar a classificação de revista internacional (A-2). Para tanto, ele informa que alguns requisitos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do MEC, terão que ser cumpridos nas próximas edições.

“Vamos trabalhar em cima dessa questão, até porque, para o próximo número, já recebemos 48 trabalhos de pesquisadores de nove países”, salientou Elizeu.

Também participaram da solenidade o pró-reitor de Planejamento (Proplan), Luiz Paulo Neiva, o professor do DEDC e representante dos autores dessa edição, Valdélio Souza, a professora responsável pela coordenação do número, Lívia Fialho, a coordenadora da Eduneb, Nadja Nunes, além de técnicos e estudantes.

Galeria de fotos


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: