POR Ascom/Toni Vasconcelos, 07 abr 2011, 18H33

Secretário Jorge Solla quer fortalecer parceria entre Sesab e UNEB

Victor Seabra
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


di_saude

Titular da Sesab foi recepcionado pelo reitor Valentim e gestores da UNEB. Fotos: Anderson Freire/Ascom

Curso de medicina, clínica escola de fonoaudiologia, especialização multiprofissional em saúde, Centro de Estudos e Atendimento Dietoterápico (Cead) e Serviço Médico Odontológico e Social (SMOS). Estas são algumas iniciativas da UNEB que devem receber maior apoio da Secretaria estadual da Saúde (Sesab).

O fortalecimento da parceria entre a secretaria e a UNEB foi um dos pontos de destaque da aula inaugural do primeiro semestre de 2011 do Departamento de Ciências da Vida (DCV) do Campus I da universidade, em Salvador, ministrada pelo secretário Jorge Solla (Sesab) na manhã de hoje (7).

“Vamos contribuir com os cursos e as ações da universidade para ampliar os serviços de atenção à saúde da população baiana. Também estamos à disposição para discutir o projeto de criação do novo bacharelado em medicina, que vai contar com a rede de atendimento do estado para a formação dos estudantes”, ressaltou Jorge.

post_saude1

Estudantes e professores do DCV assitiram à aula

O secretário apresentou a estrutura, metas e ações do Sistema Único de Sáude na Bahia, na aula magna SUS e a formação de profissionais de saúde no século 21, realizada no Teatro UNEB, no campus universitário. Antes do início do evento, o reitor Lourisvaldo Valentim recepcionou o titular da Sesab na Reitoria da instituição, aproveitando para tratar de alguns pontos sobre a implantação do curso de medicina.

“Queremos instalar a melhor estrutura possível para o curso, pois sabemos que é necessário qualificar e ampliar o quadro de médicos da Bahia, especialmente no interior do estado. Contamos com a sensibilidade e o apoio do secretário Jorge Solla desde o começo desse projeto, que objetiva formar médicos humanistas e cidadãos para fortalecer o SUS no estado”, destacou Valentim.

Por meio de um convênio firmado com a Sesab, os futuros discentes de medicina vão poder utilizar como hospital-escola o Hospital Geral Roberto Santos − com aproximadamente 700 leitos −, localizado próximo ao campus da UNEB na capital. Outro acordo com a prefeitura de Salvador vai permitir também a utilização do Distrito Sanitário Cabula Beiru.


Reportagem de cobertura da aula magna ministrada pelo secretário Jorge Solla, realizada pela WebTV.UNEB

Para o pró-reitor de Graduação (Prograd) da universidade, José Bites – que representou o reitor Valentim (ausente por motivo de agenda) na mesa de abertura da aula inaugural –, o curso de medicina será um sucesso “se fizermos tudo com planejamento, alicerçado em uma boa infraestrutura de ensino e custeio”.

No final do mês passado, o reitor Valentim assinou com o diretor do DCV, Atson Fernandes, um termo de compromisso que prevê investimento da administração central e do departamento da ordem de R$ 6 milhões para os próximos quatro anos, destinado à implantação da nova graduação.

O bacharelado, que terá duração mínima de seis anos, vai oferecer 60 vagas anuais, divididas igualmente para o primeiro e o segundo semestre. A previsão é de que concursos públicos sejam realizados para contratar cerca de 70 novos professores, que vão qualificar o corpo docente do DCV.

post_saude

Foi servido um café da manhã para o público

Encontro multidisciplinar

Este é o segundo ano em que o DCV realiza uma aula inaugural reunindo coordenadores de colegiado, professores e estudantes de todos os cursos do departamento.

Antes da abertura do evento, foi oferecido um café da manhã para promover a integração dos discentes calouros com os veteranos da unidade.

“Somos um departamento especializado em saúde e por isso precisamos deste momento para aproximar as graduações, estimulando o aprendizado e realizando a troca de conhecimentos”, avaliou o diretor Atson.

A aula inaugural contou com a organização do Núcleo de Comunicação (Nucom) do Departamento de Ciências da Vida.

Também prestigiaram o evento as coordenadoras de colegiado dos cursos de enfermagem, Tânia Bispo, de farmácia, Patrícia Sodré, de fisioterapia, Fernanda Camelier, de fonoaudiologia, Raquel Azevedo, e de nutrição, Joselita Sacramento, da residência multiprofissional em saúde, Meire Gomes, do SMOS, Mary Galvão, além do presidente da comissão de elaboração do projeto do curso de medicina, professor Luiz Jorge Teles.

Galeria de fotos

 

 


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: