POR Ascom/Toni Vasconcelos, 24 mar 2011, 19H06

Conselho Universitário deflagra processo eleitoral para cargo de vice-reitor

Victor Seabra
Núcleo de Jornalismo
Assessoria de Comunicação


 

consu-24-3_di

Amélia Maraux, ao lado do reitor Valentim, leu carta de renúncia para o Consu. Fotos: Cindi Rios/Ascom

A UNEB deu início hoje (24) a um novo processo eleitoral para o cargo de vice-reitor da universidade.

Em reunião extraordinária, realizada no auditório do Centro de Pesquisa em Educação e Desenvolvimento Regional (CPEDR), no Campus I da UNEB, em Salvador, o Conselho Universitário (Consu) – instância máxima deliberativa da instituição – deliberou sobre normas e calendário eleitoral do pleito que vai eleger o substituto da professora Amélia Maraux, que renunciou ao cargo na última segunda-feira (21).

O edital do processo eleitoral, com o calendário, deve ser publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) no próximo dia 29. A eleição está prevista para o dia 19 de maio, envolvendo todos os 24 campi da universidade.

consu-24-3_3x2

Otávio Assis (DCHT/Campus XXI) foi relator do processo para eleições de vice-reitor da universidade

Amélia Maraux renunciou ao cargo para assumir a Superintendência de Desenvolvimento da Educação Básica (Sudeb), da Secretária estadual da Educação (SEC), a convite do titular da pasta, Osvaldo Barreto.

“Agradeço à professora Amélia pelos cinco anos de parceria à frente da administração central de nossa UNEB, e por ter colocado a Vice-Reitoria em um novo patamar de atuação dentro da instituição”, saudou o reitor Lourisvaldo Valentim, presidente do Consu.

O reitor completou: “Nossa expectativa é de que esse novo processo eleitoral seja fundamentado pela democracia, transparência e participação de toda a comunidade acadêmica”.

Antes da sessão ter início, Amélia leu carta de sua autoria, direcionada aos conselheiros, esclarecendo sua decisão.

“É com muita emoção e alegria que aceito esse novo desafio. A minha vivência na gestão da UNEB lastreou esse reconhecimento do governo estadual. Sei o quanto esta universidade é importante para o projeto pedagógico da educação básica no estado, e por isso vamos continuar todos juntos, realizando as parcerias necessárias para elevar a qualidade do ensino na Bahia”, acrescentou Amélia.

O reitor também concedeu a palavra ao representante da Associação dos Docentes da Universidade do Estado da Bahia (Aduneb), Paulo Silva, que apresentou as considerações da entidade a respeito do processo eleitoral.


Reportagem de cobertura da reunião extraordinária do Consu, realizada pela WebtTV.UNEB

Adequações

Na pauta da reunião, foi aprovado parecer do relator do processo, Otávio Assis,  com modificações à resolução eleitoral, adequando o tempo de mandato e definindo o eleitorado.

“Será um mandato de complementação, que findará em 2013. Estamos adaptando as normas a essa realidade e organizando todo o pleito, que deve por legislação ser concluído em 60 dias”, explicou Otávio, que é diretor do Departamento de Ciências Humanas e Tecnologias (DCHT) do Campus XXI da UNEB, em Ipiaú.

consu-24-3_3x2a

João Rocha (diretor DCHT/Campus XXIV) vai integrar comissão para reformular resoluções

O diretor Antônio Amorim, do Departamento de Educação (DEDC) do Campus I, foi indicado para representar o Consu na comissão eleitoral dessas eleições. Dois professores, um funcionário e um estudante também serão indicados pelas entidades representativas de cada segmento.

Os conselheiros decidiram criar outra comissão, com representantes docentes, discentes e técnicos administrativos, com a tarefa de reformular as resoluções que regulamentam as eleições para reitor, vice-reitor, diretores de departamento e coordenadores de colegiado da UNEB, com validade para os futuros pleitos.

O encontro contou com a presença de 31 conselheiros − de um total de 44 membros do Consu −, entre diretores de departamento da capital e interior do estado, representantes dos professores, estudantes e servidores, além de gestores da administração central.

Carreira

Amélia Tereza Santa Rosa Maraux iniciou sua carreira docente em 1996, quando ingressou na UNEB, por concurso público, como professora auxiliar do Departamento de Educação (DEDC) do Campus XIV, em Conceição do Coité. Em 2002, foi eleita diretora do mesmo departamento, sendo reeleita em 2004. Compondo chapa com o reitor Lourisvaldo Valentim, foi conduzida à Vice-Reitoria da universidade pela primeira vez em 2006, assumindo o segundo mandato no cargo em 2010.

Galeria de fotos

 


Notícias relacionadas



Envie uma mensagem: